IPO e Você
Carregando
#

Os efeitos da apneia do sono em seu corpo

2018-09-18 09:00:00,
por Dr. Frederico

 

A apneia do sono é uma condição em que a respiração pausa repetidamente enquanto dorme. Quando isso acontece, o corpo o desperta para continuar a respirar. Essas múltiplas interrupções durante o sono impedem que o paciente durma bem, deixando-o mais cansado durante o dia.

No entanto a apneia do sono faz mais do que deixar o paciente com sono. Quando não tratada a longo prazo contribui para riscos de saúde, como doenças cardíacas, diabetes, entre outras.

A apneia do sono ocorre quando a via aérea fica bloqueada durante a noite. Cada vez que a respiração é reiniciada pode ocorrer um ronco alto, que desperta tanto o paciente quanto o parceiro da cama. Muitas condições de saúde estão ligadas à apneia do sono, incluindo obesidade e pressão arterial elevada. Essas condições, aliadas à falta de sono, podem prejudicar diferentes sistemas em seu corpo.

Sistema respiratório

Por privar seu corpo de oxigênio enquanto dorme, a apneia do sono pode piorar os sintomas de asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Você pode ficar com falta de ar ou ter mais problemas para se exercitar do que o normal.

Sistema endócrino

As pessoas com apneia do sono são mais propensas a desenvolver resistência à insulina, uma condição na qual as células também não respondem ao hormônio da insulina. Quando suas células não absorvem insulina como deveriam, seu nível de açúcar no sangue aumenta e você pode desenvolver diabetes tipo 2. A apneia sonora também foi associada à síndrome metabólica, um conjunto de fatores de risco de doença cardíaca que incluem pressão alta, altos níveis de colesterol LDL, altos níveis de açúcar no sangue e uma circunferência de cintura maior do que a normal.

Sistema digestivo

O paciente com apneia do sono, pode ser que tenha doença hepática gordurosa, cicatrizes hepáticas e níveis mais altos de enzimas hepáticas. A apneia também pode piorar a azia e outros sintomas de refluxo gastroesofágico, podendo, ainda mais, interromper o sono do paciente.

Sistemas cirúrgicos e cardiovasculares

A apneia foi associada à obesidade e à pressão arterial elevada, o que aumenta a tensão no coração. O paciente com apneia pode ser que tenha um ritmo cardíaco anormal como a fibrilação atrial, o que pode aumentar seu risco de acidente vascular cerebral (AVC).

Sistema nervoso

 

Sistema reprodutivo

A apneia do sono pode reduzir a vontade do paciente de ter relações sexuais. Nos homens, isso pode contribuir para a disfunção erétil e afetar a sua capacidade de ter filhos.

Outros sintomas comuns de apneia do sono incluem:

  • Boca seca ou dor de garganta na parte da manhã
  • Dor de cabeça
  • Problema para prestar atenção
  • Irritabilidade

A apneia no sono pode interromper o sono noturno e colocar o paciente em risco de várias doenças graves, mas há maneiras de controlá-lo. Os tratamentos, como a pressão positiva contínua das vias aéreas (CPAP) e os aparelhos orais, ajudam a manter o oxigênio fluindo nos pulmões enquanto você dorme. Perder peso também pode melhorar os sintomas da apneia do sono, reduzindo o risco de doença cardíaca.