Dança contribui para funções de equilíbrio na terceira idade

Desenvolver condicionamento físico, equilíbrio, estimular o cérebro e, ainda, fazer tudo isso de uma maneira animada. Assim pode ser a dança: uma das atividades que mais desenvolvem a saúde não apenas física, mas também mental. Para os idosos, os benefícios podem ser ainda maiores em médio e longo prazo, aponta o otorrinolaringologista Herton Coifman.“Com o avanço da idade, aumentam as limitações para a execução das atividades do cotidiano” diz ele, que é responsável pela área de otorrinogeriatria do Hospital IPO, uma das primeiras a dedicar trabalho específico para o trato com idosos. “Isso ocorre principalmente em função do agravamento das doenças [...]
Continuar lendo

Agendamento Online