IPO e Você
Carregando
#

Otoplastia

2018-07-12 08:00:00,

Você sabia que as orelhas em abano ou proeminentes são os defeitos estéticos mais aparentes? Isto é, chamam muita atenção, sendo infelizmente causa de “bullying” desde a idade pré escolar. Possuindo como característica bem marcante a falta total ou parcial da antihelice, uma dobra de cartilagem que quando aumentada, dá aspecto antiestético. Outra parte da cartilagem que está muito desenvolvida é a concha, que se apresenta maior e mais profunda. O lóbulo é uma região do pavilhão auricular que pode estar também em posição anteriorizada.

                Atualmente tem tido um acréscimo nos números de correção destes defeitos. A cirurgia conhecida como Otoplastia visa corrigir estes defeitos e pode ser feita precocemente desde que a criança e os seus pais assim desejem. A partir de 6 anos seria época ideal, contudo suas indicações devem ser individualizadas.

                Já que 5 a 10% da população sofrem com as orelhas em abano, nota-se que o número de intervenções estão aumentando. A correção cirúrgica se caracteriza no internamento ambulatorial, em que o paciente fica internando apenas pela manhã e logo recebe alta hospitalar no período da tarde. A maioria destes procedimentos são realizados com anestesia local e sedação com duração média de 1 a 2 horas. A intervenção não doi e normalmente não se percebe o tempo passar devido ao efeito da sedação.

                Além destes defeitos anatômicos descritos é de extrema importância as avaliações de espessura cartilaginosa e suas inserções em relação a face dos pacientes. Um estudo fotográfico determina no pré-operatório as angulações e proporções ideais. Além de diminuir o sofrimento pscicológico, pesquisas demonstram a melhora da autoestima e qualidade de vida dos pacientes operados. Isto é, adultos e crianças se beneficiam amplamente. Complicações pós-operatórias felizmente são incomuns.

 

Dr. Caio Marcio C. Soares - CRM: 13142 / RQE 4721